Saudações!

Hoje, terça feira, dia 9 de fevereiro de 2021, celebramos em todo o planeta a 18a edição do Dia da Internet Segura. Com o tema “Juntos por uma internet melhor”. Neste dia somos todos convidados a olhar para nossos dados com maior atenção e verificarmos a segurança dos mesmos.

Você tem feito seu checkup de segurança regularmente? Não?! Então não perca tempo e siga as dicas para ficar mais seguro por aqui!

1. Crie senhas complexas.

Sim, você sempre ouve isso! Mas, aqui vai uma dica para te ajudar a não mais se perder em inúmeras senhas que criar por aí. Utilize um gerenciador de senhas!

Os gerenciadores de senhas armazenam suas credenciais de forma segura, e tem o poder de gerar novas palavras chave de alta complexidade à distância de um clique. Veja algumas dicas:

  1. LastPass – https://www.lastpass.com/pt/password-generator
  2. Bitwarden – https://bitwarden.com/
  3. KeePassXC – https://keepassxc.org/

Em seguida, verifique se suas contas online oferecem autenticação multifator. É quando várias informações são necessárias para verificar sua identidade. Portanto, para entrar em uma conta, pode ser necessário inserir um código que é enviado para o seu telefone, bem como sua senha.

2. Aumente a segurança da sua rede.

Agora que seus logins estão mais seguros, verifique se suas conexões estão seguras. Quando está em casa ou no trabalho, você provavelmente usa um roteador protegido por senha que criptografa seus dados. Mas, quando você está na estrada, pode ficar tentado a usar um Wi-Fi público gratuito. O problema com o Wi-Fi público é que geralmente não é seguro. Isso significa que é relativamente fácil para um hacker acessar seu dispositivo ou informações. É por isso que você deve considerar investir em uma Rede Privada Virtual (VPN) 

3. Use um Firewall .

Mesmo se sua rede for segura, você ainda deve usar um firewall. Esta é uma barreira eletrônica que bloqueia o acesso não autorizado aos seus computadores e dispositivos e geralmente é incluída com um software de segurança abrangente . O uso de um firewall garante que todos os dispositivos conectados à rede estejam protegidos, incluindo dispositivos de Internet das Coisas (IoT), como termostatos inteligentes e webcams. Isso é importante, pois muitos dispositivos IoT não estão equipados com medidas de segurança, dando aos hackers um ponto de entrada vulnerável para toda a sua rede.

4. Cuidado ao sair clicando por aí.

Agora que você implementou medidas tecnológicas inteligentes, certifique-se de não atrair o perigo com cliques descuidados. Muitas das ameaças online atuais são baseadas em phishing ou engenharia social. Isso ocorre quando você é levado a revelar informações pessoais ou confidenciais para fins fraudulentos. E-mails de spam, ofertas “grátis” falsas, iscas de clique, questionários online e muito mais usam essas táticas para induzi-lo a clicar em links perigosos ou fornecer suas informações pessoais. Sempre tenha cuidado com ofertas que pareçam boas demais para ser verdade ou peça informações demais.

5. Tenha cuidado ao compartilhar conteúdos.

Hoje em dia, existem muitas oportunidades de compartilhar nossas informações pessoais online. Basta ter cuidado com o que você compartilha, especialmente quando se trata de suas informações de identidade. Isso pode ser usado para se passar por você ou adivinhar suas senhas e logins.

6. Muita atenção ao seu celular.

Seu celular é um alvo muito visado por criminosos online! Lembre-se que ele sempre está com você, de todas as contas salvas, dados financeiros, fotos pessoais, e muito mais! Os dispositivos móveis enfrentam novos riscos, como aplicativos arriscados e links perigosos enviados por mensagem de texto. Tenha cuidado onde você clica, não responda a mensagens de estranhos e só baixe aplicativos de lojas de aplicativos oficiais depois de ler as avaliações de outros usuários primeiro. Certifique-se de que seu software de segurança está ativado em seu celular, assim como seus computadores e outros dispositivos.

7. Pratique a navegação e as compras seguras.

Ao fazer compras online ou visitar sites de banco online ou outras transações confidenciais, sempre certifique-se de que o endereço do site começa com “https”, em vez de apenas “http”, e tem um ícone de cadeado no campo URL. Isso indica que o site é seguro e usa criptografia para embaralhar seus dados, de forma que não possam ser interceptados por outras pessoas. Além disso, fique atento a sites que contenham erros de ortografia ou gramática incorreta em seus endereços. Eles podem ser cópias de sites legítimos. Use uma ferramenta de pesquisa segura, como o McAfee SiteAdvisor, para evitar sites perigosos.

8. Mantenha-se atualizado.

Mantenha todo o seu software atualizado para ter os patches de segurança mais recentes. Ative as atualizações automáticas para não precisar se preocupar com isso e certifique-se de que o seu software de segurança esteja configurado para executar verificações regulares.

9. Procure saber se seus dados foram vazados.

Existem vários serviços para verificação de segurança em suas senhas e contas de e-mail. Mas eu sugiro o seguinte:

https://haveibeenpwned.com/

Entre no site, verifique se seu e-mail ou senha estão comprometidos. Caso esteja, faça imediatamente a alteração em todos os sites e sistemas onde os dados comprometidos são utilizados!

Outra forma para confirmar esta informação é verificando com a ferramenta de segurança do Google. Para isso clique abaixo:

https://myaccount.google.com/security-checkup

10. Mantenha a guarda alta.

Sempre tome cuidado com o que você faz online, quais sites você visita e o que você compartilha. Use um software de segurança abrangente e certifique-se de fazer backup de seus dados regularmente, caso algo dê errado. Ao tomar medidas preventivas, você pode evitar dores de cabeça no futuro.

E compartilhe este post o máximo que puder para espalhar segurança neste dia tão importante!

Deixe uma resposta